Você sabe qual das alternativas a seguir não é uma característica do aconselhamento eficaz?

Fonte: pexels.com



202 significado do número do anjo

Aconselhamento eficaz, online ou pessoalmente, pode ser uma ótima ferramenta para ajudar as pessoas a se curar. O aconselhamento pode ajudá-lo nos momentos difíceis de sua vida ou pode ser usado para tratar doenças mentais. Falar sobre seus problemas com um profissional experiente pode encorajá-lo a obter uma nova perspectiva ou aprender habilidades para ajudá-lo a lidar com problemas recorrentes a longo prazo.



Isso não significa que todo aconselhamento seja eficaz ou que todos os conselheiros sejam bons no que fazem. O aconselhamento ineficaz não terá os mesmos efeitos (na verdade, pode causar efeitos negativos), portanto, encontrar o ajuste certo é importante se você deseja ver os resultados.

Em uma sociedade multicultural, também é importante que os conselheiros sejam culturalmente eficazes. A habilidade de um conselheiro de superar barreiras culturais pode ter um grande impacto na qualidade dos serviços que seus clientes recebem. Este é apenas um exemplo do que significa ser um conselheiro eficaz. Há muitas outras coisas que você pode procurar ao escolher um conselheiro que atenda às suas necessidades.



Você sabe qual das alternativas a seguir não é uma característica de um aconselhamento eficaz?

  1. Usa métodos comprovados (sim)

Conselheiros treinados e experientes usam métodos comprovados que são apoiados pela ciência. Seu conselheiro deve ser capaz de responder adequadamente a quaisquer perguntas que você tenha sobre seu tratamento e preocupações que você possa ter.

Por exemplo, a terapia cognitivo-comportamental (TCC) é uma forma comum de terapia usada para tratar uma ampla gama de questões, desde ansiedade e depressão até dependência e problemas de relacionamento. A TCC é uma terapia de curto prazo focada em objetivos e visa ajudar o paciente a mudar pensamentos e comportamentos problemáticos. Quando você está recebendo TCC, sabe que está recebendo um tratamento que foi estudado e é eficaz. Você também deve ter pelo menos uma ideia do que esperar.

Alguns outros tipos populares de terapia incluem:



  • Terapia psicodinâmica
  • Terapia interpessoal
  • Terapia familiar
  • Aconselhamento de relacionamento
  • Terapia de Grupo

No aconselhamento, é importante chegar a um acordo sobre uma estrutura comum de idéias para que o conselheiro e o cliente possam seguir em frente usando a mesma linguagem e se entendendo.

  1. Corrige seus problemas (não)

Algumas pessoas podem pensar que um aconselhamento eficaz deve resolver todos os seus problemas, mas isso não é verdade. Não é responsabilidade do conselheiro fazer essas mudanças acontecerem. Além disso, ter outra pessoa para resolver seus problemas não causará o tipo de mudanças de longo prazo que o aconselhamento pode trazer. Os clientes precisam aprender como resolver seus problemas por si próprios, com a ajuda do processo de aconselhamento.



Fonte: pexels.com

Idealmente, um aconselhamento eficaz lhe dará as ferramentas e os insights de que você precisa para fazer as mudanças positivas que deseja em sua vida. É por isso que grandes conselheiros não sugerem soluções para seus problemas nem dizem o que você deve fazer. Em vez disso, eles podem pedir que você faça uma lista de coisas que você pode fazer para alcançar seus objetivos.



Um conselheiro pode ajudar você a repensar padrões de pensamento e emoções subjacentes que alimentam seus problemas. Em vez de se concentrar em suas falhas ou fraquezas, um conselheiro pode ajudá-lo a começar a se concentrar nas coisas que você está fazendo certo ou em seus pontos fortes. O trabalho do conselheiro é ajudar sem tirar o poder do cliente. A ideia é capacitar as pessoas a se ajudarem.

  1. Estabelece confiança (sim)

Relacionamentos de aconselhamento eficazes baseiam-se na confiança. Como paciente, você deve compreender seus direitos. Ao iniciar o aconselhamento, você deve esperar confidencialidade e confiar que seu conselheiro manterá esse padrão. Além disso, você deve se sentir seguro e confiante de que pode compartilhar seus verdadeiros pensamentos e sentimentos com seu conselheiro sem ser julgado.



Eu continuo sonhando com minha paixão

O relacionamento de aconselhamento não pode ser eficaz se você se sentir julgado e, como resultado, evitar compartilhar informações importantes. Da mesma forma, pode ser difícil para um conselheiro tratá-lo com eficácia se ele frequentemente o pega mentindo e não consegue ter certeza se você está dizendo a verdade.

É importante que o paciente e o conselheiro trabalhem com os mesmos objetivos. Desde o início, vocês devem ser abertos e honestos uns com os outros e tentar manter essa abertura e honestidade durante todo o processo. Você deve tentar passar por aconselhamento sem cortar atalhos. Caso contrário, não será tão eficaz.



  1. Cria uma conexão emocional (Não)

Pode ser difícil se abrir para alguém com doença mental ou eventos difíceis em sua vida, no passado e no presente. Portanto, faz sentido que, depois de encontrar uma pessoa em quem você pode confiar, é muito provável que você crie uma conexão emocional com ela.

É importante que os conselheiros estejam atentos a essas coisas e tenham como objetivo manter o relacionamento com seus clientes profissional. Você deve gostar de seu conselheiro, e ele deve ser gentil e empático, mas um aconselhamento eficaz não envolve mais do que um relacionamento terapêutico. Um conselheiro não deve ser seu conselheiro e lhe vender um carro ou convidá-lo para um encontro. Existem regras contra relacionamentos duplos ou múltiplos entre conselheiros e clientes. Deve existir apenas a relação terapêutica profissional.

44 significado de chama gêmea

Fonte: pexels.com

  1. Facilita a Mudança (Sim)

Os conselheiros podem não ser qualificados para consertar sua vida para você, mas são treinados para orientá-lo e ajudá-lo a ver as coisas na vida com mais clareza. Seu conselheiro não deve tomar decisões por você ou agir em sua vida em seu nome. Em vez disso, eles devem ouvir e fazer o melhor para capacitá-lo a tomar decisões importantes ou mudanças positivas em sua própria vida.

Às vezes, você pode ficar preso a um estado de espírito que não o serve e perpetua seus problemas. O aconselhamento pode ajudá-lo a ver as coisas sob uma nova luz. Os conselheiros o incentivam mostrando quais são suas qualidades fortes e enfatizando coisas positivas em vez de insistir nas negativas. O aconselhamento pode facilitar a mudança, ajudando-o a se livrar da dor do passado que o está impedindo.

  1. Mostra empatia (sim)

Um bom conselheiro é empático, o que significa que um conselheiro eficaz pode encontrar maneiras de se relacionar com a sua situação e fazer com que você se sinta ouvido. Se você se encontrar com um conselheiro que parece entediado com seus problemas, não está interessado em ouvir o que você tem a dizer, parece crítico ou faz você se sentir pequeno, você pode imaginar que o aconselhamento que receberá dele não será muito eficaz.

Conselheiros eficazes podem se colocar no lugar de seus clientes e suspender o julgamento, mesmo que eles nunca tenham estado no mesmo tipo de situação antes. O objetivo do seu conselheiro deve ser compreender e ajudá-lo a alcançar seus objetivos. Os conselheiros devem sempre ter como objetivo criar um ambiente seguro e compreensivo, onde seus clientes se sintam livres para compartilhar seus problemas e desafios abertamente.

Fonte: pexels.com

significado espiritual gambá
  1. Place Blame (Não)

Se um conselheiro tenta culpar seus problemas em fatores externos como família, amigos e trabalho, eles não são eficazes. O objetivo deve ser dar a você o poder de lidar com seus problemas e não culpar outras pessoas / coisas automaticamente. Já que você não pode controlar o que as outras pessoas fazem, o segredo do aconselhamento é aprender a estar ciente de seus sentimentos e focar nas coisas que você pode mudar.

Mais uma vez, o objetivo do aconselhamento deve ser educá-lo, fazer com que se sinta ouvido e capacitá-lo a fazer as melhorias necessárias em sua vida. Ao ensiná-lo a colocar a culpa de seus problemas em outras coisas, um conselheiro não o ajudará a se tornar mais forte. Um aconselhamento eficaz deve ajudá-lo a aprender a enfrentar seus problemas independentemente dos obstáculos externos, como um membro da família ou colega de trabalho difícil.

  1. Flexível (Sim)

Cada pessoa é única, por isso o tratamento também deve ser único. Os conselheiros precisam admitir quando sua primeira linha de tratamento não está funcionando. Às vezes, os conselheiros precisam estar dispostos a mudar conforme as coisas mudam e eles aprendem mais sobre seus clientes. Se um cliente começar a resistir ao tratamento, seu progresso pode ser interrompido. Os conselheiros devem ser flexíveis e encontrar uma maneira de chegar até o cliente.

Tratamentos como a TCC são relativamente curtos, mas o aconselhamento não pode ser apressado. Às vezes isso leva tempo. Tanto o cliente quanto o conselheiro precisam ser pacientes e estar dispostos a trabalhar nas coisas, mesmo quando se tornar difícil. Conselheiros eficazes reconhecem que não existe uma maneira única de fazer as coisas sempre. Os pacientes devem ser tratados de acordo com certas diretrizes, mas até certo ponto também com base em cada caso.

Conclusão

Encontrar um conselheiro eficaz pode ajudar a trazer grandes mudanças positivas em sua vida. No entanto, existem alguns sinais de alerta de aconselhamento ineficaz que você sempre deve estar atento. Os conselheiros são treinados para seguir certas regras e diretrizes. Para que o relacionamento de aconselhamento seja eficaz, essas diretrizes devem ser seguidas, e o relacionamento de aconselhamento precisa ter limites que não sejam ultrapassados.